Como Eliminar Cravos e Espinhas

Como eliminar cravos e espinhas

Para eliminar as espinhas, é  essencial realizar uma ótima higienização da pele e uma dieta equilibrada, com alimentos ricos em Ômega 3, zinco e antioxidantes, substâncias essenciais para melhorar e diminuir a inflamação da pele.
Além disso, para reduzir o surgimento e das espinhas, é preciso evitar o uso excessivo de maquiagem, exposição solar nos horários de risco e o stress.

Utilizar sempre protetor solar de no mínimo FPS 30,  e não espremer as espinhas para não correr o risco de a pela ficar manchada ou com cicatrizes.
Sempre que perceber que a pele está muito oleosa e com muitos cravos é indicado fazer uma limpeza de pele profissional com uma esteticista.

Tratamento caseiro para Espinhas
Esse tratamento caseiro deve ser feito com freqüência, e consiste em 2 passos:
 Passo  Limpeza da pele: 

Limpeza da pele


Ao realizar um tratamento para espinhas, deve-se sempre começar com uma boa higienização da pele, pois é o excesso de gordura acumulada nos poros que irá desencadear o aparecimento de espinhas.

 

Para fazer uma boa limpeza na pele, é preciso:
• Lavar o rosto todos os dias com uma loção de limpeza específica, para eliminar completamente a sujeira da pele;
• Usar um tônico facial;
• Usar um gel secativo para espinhas, para aquelas que estiverem inflamadas;
• Fazer limpezas de pele profissional, 1 ou 2 vezes por mês (conforme indicação do dermatologista);
• Aplicar uma máscara facial para eliminar os cravos do nariz e do rosto usando, por exemplo, gelatina incolor

  • Usar protetor solar todos os dias, de preferência oil free e em forma de gel, para evitar surgimento de manchas escuras no lugar das espinhas.

Todos os itens acima citados são facilmente encontrados em farmácia ou mercados.

 

 Passo  Alimentação: 

Alimentação saudável

É preciso evitar alimentos derivados do leite, uma vez que eles favorecem a produção de gordura pelas glândulas sebáceas, podendo aumentar o aparecimento de espinhas.

Veja abaixo alguns alimentos indicados:
• Peixes, sementes de chia e nozes: são ricos em ômega 3, componente que ajuda a amenizar a inflação da pele.
• Ostras e sementes de girassol: possuem zinco em sua composição,  fundamental para diminuir o processo inflamatório, aumentar a cicatrização e moderar a eliminação de gordura pela pele.
• Frutas e legumes: alimentos ricos em antioxidantes, que fortalecem o corpo e auxiliam a combater a inflamação da pele.
• Beber ao menos 1,5 litro de água por diariamente também é essencial para manter a pele hidratada e saudável.

Quando os passos acima não são suficientes para eliminar as espinhas, é necessário consultar um dermatologista para entender qual o melhor produto deve ser usado, de acordo com cada caso.

Isso porque o aparecimento de espinhas pode ser causado por uma série de fatores, inclusive disfunção hormonal. E em casos como esse é necessário uma avaliação mais completa do médico.

 

Quer saber mais dicas sobre beleza e cuidados com a pele? Veja aqui nosso artigo sobre dicas para evitar rugas naturalmente.